• Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   14-02-2016

      Prezados membros do Fórum do Clube do Hardware,

      Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores do fórum. Os requisitos são:
        Pelo menos 1000 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas ao formulário abaixo:    Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
faller

As doenças Elétricas e seus Remédios

332 posts neste tópico

É impressionante a quantidade de usuários da informática que, além de suas configurações, de suas máquinas, levam para casa dispositivos auxiliares relacionados a energia. Contam ai estabilizador, no-break, Módulo Isolador, Régua de proteção, Filtro de linha, etc. Todos esses dispositivos representam em sí remédios para determinados males, problemas elétricos que porventura possamos ter em nosso site, em nossa casa, aonde ligamos nosso PC.

Mesmo sendo considerados como doença esses possíveis problemas, não os tratamos assim. Os tratamos de modo preventivo na maioria das vezes. Mesmo sem saber se os temos, adotamos solução para os mesmos. Me permitindo a analogia seria mais ou menos como se passar a tomar o coquetel indicado para a AIDS como método preventivo pois algum dia a poderemos adquirir ou o equivalente com relação ao Câncer. Imagine-se tendo seções de quimioterapia sem nem sequer saber se se tem Câncer.. Difícil imaginar, não. Pois com eletricidade e com o PC é assim que se faz. Não se faz com o aparelho de som, não se faz com o televisor, mesmo sendo um daqueles de cinquenta e todas polegadas que custou mais de R$ 10.000.

Pois se faz com o PC. Dificilmente sai alguém da loja, na compra de um PC, sem estabilizador ou sem no-break ou sem o módulo isolador. Dificilmente o remédio para a doença, que nem sabemos se a temos, deixa de ir junto...

Os fabricantes desses equipamentos e lojistas agradecem entusiasmadamente.

Você não necessita obrigatoriamente gastar nada a mais para ligar seu PC, pois ele foi feito, concebido, projetado para ser ligado na tomada elétrica, assim como todos os demais eletro-eletrônicos ai da sua casa.

Opcionalmente, se você tiver sabidamente um problema elétrico, ou mesmo de ordem mecânica (disponibilidade de tomadas) você poderá adotar alguma desses digamos "plug-ins" para remendar uma carência ou deficiência.

Adotar o remédio antes de saber se tem a doença, de longe não é a melhor alternativa para solução de nada.

Explorando um pouco desse mundo de possíveis problemas elétricos me permiti, classificando em problema e solução, passear por alguns deles, talvez os mais comuns, na ideia de abrir um pouco o pensamento para essa questão tão importante na eletricidade quanto o é na medicina, o tratamento com remédios por conta própria para doença que sequer sabemos ter.

Desse modo, e assim numa analogia muito simples, coloco abaixo alguma das "doenças" e alguns dos mais conhecidos "remédios":

1) Problema: Em seu site é grande a incidência de falta de energia que derruba sua aplicação fazendo você perder tempo e trabalho:

- Solução: No-break que até pode ser dos comuns, baratos, com geração de onda retangular ou pseudo senoidal ou quase senoidal, somente para você salvar e desligar normalmente seu PC.

2) Problema: Além de faltar a energia, tem que operar na falta da mesma, pois o PC sustenta uma aplicação que não pode parar:

- Solução: Adoção de no-break senoidal puro (gera forma de onda igual aquela da rede elétrica), e se a aplicação exigir alta segurança de operação, adote no-break senoidal On-line, de dupla conversão, aonde sequer existirá o tempo de comutação, da rede para o no-break, uma vez que o no-break alimentará sua configuração mesmo na presença da energia.

3) Problema: Você reside próximo a zona industrial com rede sujeita a ruído elétrico, espúrios e surtos de tensão elevados e com alta frequência de incidência (eletro-eletrônicos queimando do nada, só por estarem ligados na tomada).

- Solução: A adoção de um bom filtro de linha e uma boa régua de proteção é condição essencial para auxiliar na conexão de seus eletro-eletrônicos na tomada. Opcionalmente deverá ser feita a instalação de DPS na caixa de entrada de energia (um por fase) para auxiliar e clampar os surtos de tensão com maior energia.

4) Problema: Na cidade aonde vives historicamente caem muitos raios e não raramente não estas com condições de sacar fora da tomada os equipamentos na hora do temporal. Tem queimado muitos eletro-eletrônicos, na cidade em geral, por causa de raios.

- Solução: A adoção da estratégia, da solução do item 3, acrescida de um aterramento bem feito, minimiza a possibilidade dos efeitos das descargas elétricas atmosféricas provocar distúrbios em seus equipamentos. Disse minimiza, pois contra algum raio ou derivada do mesmo, se for muito próximo, fica difícil, senão impossível de segurar...

5) Problema: A tensão na sua casa varia muito. Ao ligar o chuveiro pode se perceber nas lâmpadas a diminuição do brilho das mesmas.

- Solução: Tudo ai vai depender dos valores dessa queda de tensão. Se estiverem dentro dos valores nominais e também a tensão nominal for razoavelmente correta, não tem problema algum essa visível queda de tensão. As fontes para PC são projetadas para operar em larga faixa de tensão de entrada. As fontes normais podem suportar rede AC com variação grandes, maiores que a tolerância normal da concessionária. Veja ai um apanhado de diferentes fontes para PC, no tocante a sua tolerância de variação da rede de entrada:

Se as quedas de tensão estiverem assim tão fora que fogem desses valores apresentados como toleráveis, verifique se isso se deve a concessionária de energia ou a sua instalação. Se for relativo a sua instalação, nem pestaneje, resolva o problema e não coloque panos quentes.

Como saber: Para saber se a tensão cai mais muito ou pouco, e sua fonte será ou não capaz de operar nessa queda não é necessário contratar uma consultoria. Faça o mais simples. Observe seu PC ligado na tomada da parede. Se ao cair o brilho das lâmpadas, na ligada do chuveiro, seu PC desligou? Sentiu a queda?? Não? se não, não faça nada, sua fonte está fazendo o que deve, não se preocupe.

Se sim, desligou seu PC?? Então você tem problemas ai. Inicialmente tente verificar se sua instalação está mal, se estiver corrija. Opcionalmente podes adotar um estabilizador, para recuperar um pouco a tensão que você nessa hora já tem a certeza não é culpa de sua instalação. Estabilizadores são elementos problemáticos, e como remédio tarja preta, só os use depois de saber que são sua única solução, nenhuma outra mais poderá ser adotada. A adoção de estabilizador pode trazer conseqüências ruins.

6) Problema: Na partida do aparelho condicionador de ar não raramente o PC, quando ligado diretamente na tomada, desliga ou congela....

- Solução: A partida de um motor exige da rede elétrica uma corrente elevada, muito maior que a sua corrente normal de operação. Se essa corrente tiver que ser suprida por uma fiação mal-dimensionada, poderá fazer com que a tensão lá na tomada seja subtraída de uma queda elevada a tal ponto de ficar abaixo da tensão mínima tolerada pela fonte de seu PC. Desse modo ela a fonte, desarma, desliga seu PC.

O modo correto de se resolver essa situação certamente é bem dimensionar a rede de distribuição (a fiação) de sua casa. Alternativamente o estabelecimento de um circuito independente, desde a caixa de disjuntores até a tomada do PC, sem usar a distribuição original, poderá solucionar o problema. Se o problema de fiação mal dimensionada estiver entre a sua casa e o poste da concessionária, mais uma vez, o correto é refazer o que está errado, porém, de modo alternativo, a colocação de um estabilizador para repor essa perda na fiação pode ser uma solução tolerável. Sabe-se que tem uma série de reações adversas a adoção desse remédio, portanto use-o somente em ultimo caso.

Esse tipo de solução ai citada, como um todo, serve para uma série de "doenças", que podem ir desde a uma instalação em uma fazenda, zona rural, aonde o transformador de alimentação da concessionária pode estar muito longe da casa, aonde está o PC e desse modo a fiação, embora bem dimensionada do ponto de vista corrente, é longa e então a perda passa a ser significativa, ou em um "gato" de energia feito com fio mal dimensionado, etc.Também pode aparecer naquelas localidades aonde a concessionária de energia, não prevendo o crescimento habitacional, não consegue manter uma adequada distribuição de energia, do ponto de vista tensão final no usuário (rede elétrica sobrecarregada).

A adoção de um no-break para solução da tensão baixa é de longe a pior solução que se pode adotar pois se essa tensão oscilar entre os valores de entrada e saída do no-break, em torno da tensão em que o no-break assume a carga, ele assumirá repetida e continuamente essa carga, e em pouco tempo não restará energia nas baterias para você operar seu PC. Nessa hora, "nem mel nem porongo", como se diz popularmente. Terás ai um no-break teoricamente para operar quando a energia estiver ruim e terás um jogo de baterias esgotadas em sua carga. Terás que deixar um bom tempo suas baterias recarregar para então poder usar seu PC um pouco de tempo mais..

ATENÇÃO: Aqui é bom alertar que existe uma solução melhor que essas ai de cima desse item 6 que não foi arrolada como a principal pois muitas pessoas já tem seu PC e essa que vou citar exige a substituição da fonte do PC.

É isso mesmo, substituição da fonte do PC ou para aqueles que estão comprando, a compra correta dessa fonte.

Imaginem-se com algum problema de tensão baixa em uma rede de 220 Volts. Essa tensão baixa digamos possa estar com 20% a menor, ou seja 220 - 20% = 176 Volts. Essa tensão dai está fora da faixa de tolerância da maioria das fontes que estão na planta de PC do Brasil, fontes essas com retificação normal, sem PFC ativo na entrada. Com essa tensão AC o PC não teria condições de operar. A adoção de uma fonte com PFC ativo na entrada alargaria a faixa de tolerância para absurdos 90 até 264 Volts AC, desse modo, com esse tipo de fonte, sim seu PC operaria de modo ótimo. O mesmo vale para monitores. Todo o monitor moderno vem com esse tipo de fonte, que opera desde 90VAC até 240VAC (assim representado: 90-240 VAC +-10%).

Desse modo se você puder adotar essa solução, fonte com PFC ativo, esqueça o resto tudo menos as recomendações para tornar a rede elétrica bem dimensionada, que é uma atitude sensata em qualquer tempo. Mas enquanto a rede não fica pronta, seu PC, com esse tipo de fonte, ficará operando numa boa.

E se a rede for de 127 Volts ao invés de 220 Volts??? Sem problema algum pois esse tipo de fonte, embora garantido pelo fabricante opere somente a partir de 90 VAC, testes pontuais mostram que até mesmo com 80 VAC elas operam muito bem, mesmo sendo exigidas com alta potência. Veja ai um teste com uma Corsair da linha VX nessas condições de tensão baixa. Se quiser ver o teste completo.

7) Problema: Para prover proteção elétrica as tomadas da sua casa foram todas aterradas. Desse modo não precisas te preocupar com proteção para os equipamentos pois estão automaticamente protegidos pelo aterramento.

- Solução: Essa dai é meia verdade. O aterramento faz parte do elo de proteção para seus equipamentos, entretanto não é possível se afirmar que os mesmo estarão protegidos eletricamente somente com a adoção do aterramento, geralmente não estão.

Para efetiva proteção há que existir elementos de proteção, entre esse aterramento e a fiação da rede elétrica para criar um caminho na hora da exceção. Sem esse caminho, esse atalho, seu equipamento será o caminho e desse modo o aterramento funcionará para drenar a energia de exceção porém através de seu equipamento o que potencialmente poderá danificar o mesmo. Nessa hora entra em ação os dispositivos de proteção, sejam eles varistores, dispersores a gás, tranzorbs ou diodos de proteção, todos eles eficientes em tomar para sí a energia de exceção que poderia danificar seus equipamentos. Desse modo tenha a certeza de que seus equipamentos tenham esses elementos internamente. Na incerteza adote uma boa régua de proteção que os tenha em boa quantidade e com boa capacidade de absorção de energia.

8) Problema: Não vives em área industrial mas gostarias de proteger eletricamente seu PC, um investimento relativamente caro.

- Solução: Para proteger eletricamente seu PC adote uma boa régua de proteção/filtro de linha (não vá comprar uma extensão com esse nome) e, se possível adote também aterramento nas tomadas aonde vai ligar seus equipamentos.

9) Problema: Minha cidade tem alimentação em 220 Volts e as caixas de som de meu PC só conseguem operar em 110 Volts. Por isso necessito colocar ai um estabilizador que converta de 220 para 110. Desse modo posso alimentar o PC com uma tensão mais baixa e segura e também aproveito para alimentar as caixas de som.

- Solução: Isso que não chega a ser um problema e sim uma necessidade, de redução de tensão para alimentar uma caixa de som pode e deve ser resolvido com o dispositivo correto para o caso, um autotransformador 220/110 com potência adequada para tão somente atender, com folga, os equipamentos que somente podem operar na tensão de 110 Volts. Quanto às fontes do PC, saiba que a tensão nativa das mesmas é 220 Volts e que 110 é exceção da pura... Quando você coloca 110 em uma fonte para PC, dessas convencionais, a primeira tarefa dela é inserir um dobrador de tensão para resgatar a tensão nativa de trabalho da mesma. Desse modo a ideia de alimentar o PC com 110 por "ser mais seguro" ou ser "tensão mais baixa" é pura idiotice, perda de tempo e dinheiro. Digo perda de dinheiro pois a redução de 220 para 110 volts no estabilizador ou mesmo em um transformador é um trabalho que provoca perdas da ordem de 5%. Em tendo a fonte que resgatar a partir dos 110 Volts, novamente a tensão de trabalho nativa da mesma, que é os 220 Volts, mais uma vez esse trabalho tem perda de energia, ou seja, dupla perda totalmente desnecessária...

Mais de 2/3 desse mundo em que vivemos trabalha com 220 Volts. Mesmo dentro do Brasil é muito grande o parque de máquinas que tem a disposição na tomada os 220 Volts para alimentação dos PC's. Portanto alimente seu PC com 220 volts se essa for a tensão da tomada de sua casa. Não invente.

10) Problema: Seu PC dá uma sensação de choque elétrico quando tocas em seu gabinete.

- Solução: Essa sensação de choque elétrico tem diversas possíveis origens.

A) Tomada da parede, aonde ligas o PC, não tripolar, não polarizada. Isso faz com que se possa ligar o plug de rede de dois modos distintos, Somente um deles é o correto, o outro potencialmente poderá apresentar ou aumentar essa sensação de choque. Falo do fio Fase e do fio Neutro, eles tem a posição correta de ligação.

B) Topologia de distribuição da baixa tensão. Nesse Brasil enorme existem diversas topologias de distribuição de baixa tensão. Algumas delas, principalmente aquelas que colocam na tomada de seu PC duas fases ao invés de Fase e Neutro, são mais propensas a oferecer essa característica da sensação do choque.

C) Ausência de aterramento na tomada aonde se liga o PC.

D) Fonte vagabundas sem o menor cuidado com os filtros de entrada e com larga fuga para a carcaça.

E) A fuga para carcaça, que dá origem a sensação de choque, bem pode estar sendo originada no monitor e não no PC. Não culpe a fonte do PC desse modo.

F) O tipo de piso e sua interação com o mesmo. Pisos frios e operador descalço, fazem com que o terra esteja mais presente, eletricamente, no operador do PC. A sensação de choque desse modo será muito maior...

Claro que cada uma dessas possíveis origens ai de cima pode e deve ser tratada de um modo diverso. Mas, de um modo geral se pode resumir a solução desse modo:

Ação Prioritária se você não quer mais essa sensação de choque: Providencie aterramento na tomada aonde você liga seu PC. Isso pode representar a necessidade de uma grande obra (enterrar 3 barras de cobre na terra etc...) ou simplesmente a passagem de um fio desde o quadro do medidor de energia (se lá tiver um aterramento bem feito e geralmente tem) até a tomada de seu PC. Preço do fio e mão de obra, isso é o que custa a solução. Traga desse modo o aterramento da energia, lá da caixa do medidor de energia, até a tomada de seu PC. Não vá querer poupar e ligar o neutro, na tomada, ao pino de aterramento da mesma, não é absolutamente a mesma coisa.

Ação Secundária se você não quer mais essa sensação de choque: Podes adotar um transformador isolador, Na elétrica tem, na madeireira tem (não é autotransformador, é transformador isolador) também conhecido comercialmente como MI ou Módulo Isolador, sabendo que você estará atacando o sintoma e não na trabalhando na solução do problema. Não acredite que esse MI vai proteger seu PC pois vai lhe dar aterramento pois isso é balela, inverdade. Ele simula um sintoma que na prática é conseguido com aterramento. Ônus da solução é a perda de energia na transformação, da ordem de 10% ou mais, desse modo com muito calor.. Podes usar esse calor para manter o lanche da madrugada aquecido, ou, aqui no sul, no inverno, manter aquecido os pés. Não é de todo ruim portanto, dá para aproveitar o calor...

Consideração geral: A escolha de uma boa fonte para seu PC se torna muito mais útil, barato, e confiável, do ponto de vista elétrico, que a adoção de um monte de tralhas de segunda categoria a atrapalhar eletricamente sua configuração. Não raramente as pessoas montam seus PC´s esquecendo da fonte e, ao final ao se depararem com a necessidade de aquisição da mesma, com dinheiro já curto, acabam adotando o que se costuma chamar de fonte genérica. Isso é um desastre do ponto de vista elétrico.

Não se deve comprar fonte olhando-se somente a potência da mesma, ou promessa de potência, imaginando que com um pouco de exagero nesse item a fonte trabalhará mais livre e desse modo oferecerá melhor energia e durará muito mais. Engano puro. A qualidade da fonte e desse modo a qualidade da energia fornecida ao seu PC independe da potência. Fontes devem ser casadas com a necessidade de sua config e devem ter a qualidade e a modernidade que você exige de sua Placa de Vídeo ou da sua CPU, etc..

Pois se seu site é como a grande maioria dos sites por ai, inclusive o meu, ao comprar o PC não é necessário gastar mais nada... Se quiseres gastar, preventivamente, também compre o coquetel da AIDS, não se esqueça dos remédios para o Câncer, marque a seção de Quimioterapia. Não se esqueça da Malária, da Febre Amarela, do Tifo. Não se esqueça das hemorróidas... É melhor tomar já remédio pois algum dia esse mal poderá lhe acometer..

É melhor prevenir, os fabricantes e lojistas, rindo sozinhos, aconselham...

Porto Alegre, 05/04/2009 - Luiz André Faller

Abraço...

Editado por faller
15 pessoas curtiram isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom amigo um belo tutorial, eu particularmente tinha algumas duvidas relacionadas a proteção contra sobrecarga de tensão pois moro perto de uma zona industrial e essas duvidas foram retiradas graças ao seu ótimo Tópico.

Abraços amigo!! Se dependesse de mim esse Tópico seria fixo.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

(mensagem apagada)

O momento não era oportuno para a grande mensagem que tava aqui neste local. Ela acabaria desvirtuando o assunto proposto pelo colega faller. A postarei em um outro tópico num outro momento mais oportuno.

Obrigado!

Editado por _rau_

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Parabens, muito bom o topico.

To com uma duvida aqui, as fontes que vem em computadores dell são boas? Eu não tenho filtro de linha, posso ligar direto na tomada essas fontes que vem no pc da dell? valeu.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fontes que vêm com qualquer PC pode ser ligada direto na tomada, desde que ajustada na tensão correta, não tem dessa!

PCs de marcas costumam vir com fontes melhores, com um estágio de filtragem AC mais completo, mas não é regra. Com concorrência ferrenha, já vi PC de marca, tipo HP, vindo com fonte genérica. Agora com crise econômica e tudo mais, vai saber...

Por exemplo, nos casos em que fontes não aguentam pequenas piscadas de luz e resentam o PC, são geralmente fontes ruins com capacitores eletroliticos de entrada muito fracos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito bom tópico. Parabéns!! Seria melhor ainda se isso fosse publicado numa revista, jornal ou qualquer outra forma de publicação mais ampla pois muita gente não faz a menor ideia do que realmente precisa e vai na conversa de vendedor (que em 99% dos casos também não conhece o que está indicando). Abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Isso não foi um post, foi uma aula.

Ótimo tópico faller, deveria ser pendurado. Isso aqui é de interesse público.

[]'s

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ótima explicação. Mais uma vez tirando a dúvida dos usuários, caro faller.

Agradeço a contribuição. Não é sempre (nem fácil) que leigos como eu tem a chance de ficar sabendo de tais informações.

Também concordo com os amigos acima. Deveria ser tópico fixo a partir de agora. Quem sabe até a publicação como artigo no Clube do Hardware. Assunto de utilidade pública.

Obrigado!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Excelente faller.

Muito bom.

Deu o remédio para cada patologia :D

Depois claro vou fazer perguntas se tú me permitires.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Depois claro vou fazer perguntas se tú me permitires.

Nem é questão de permitir ou não, quem sou eu para tal...

A discussão bem como as mais diferentes opiniões é que realmente agregam conhecimento. Mande lá as perguntas e por favor, não é necessariamente eu é que tenho que responder, isso daqui é um fórum de discussão...

Abraço..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

legal a materia.. interessante...

Editado por andre.wj
erro de portugues (muito feio)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ae faller... ótima explicaçao... sanou varias dúvidas e me ajudou a entender várias outras partes de tensão AC.... Aqui em casa a tensão é bem estável só que ainda dá uns picos muito alto... Eu comprei uma Cosair 650W com PFC Ativo como eu vi você recomendando em um outro site.... E tu recomendou um filtro de linha tb.... Só que eu não consegui encontrar... E seria interessante tu passar pra galera aqui.... Tem como tu fazer esse favor...

Grande Abraço --- Ótimo Tópico....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Aqui em casa a tensão é bem estável só que ainda dá uns picos muito alto...

Gostaria de saber como é que constataste isso dai e qual o valor desses picos muito altos..

eu vi você recomendando em um outro site.... E tu recomendou um filtro de linha tb.... Só que eu não consegui encontrar... E seria interessante tu passar pra galera aqui.... Tem como tu fazer esse favor...

Os filtros de linha/proteção que tenho ultimamente recomendado para uso na tensão de 220 Volts são esses dois dai:

Clamper Computer Protector Pro - Visão Interna

Proteção e filtro de linha Upsai FHT-1200 - Visão interna

Para tensão da rede de 110 Volts a recomendação seria algum da APC com as proteções desejadas (rede, linha telefônica, cabo ou antena)..

Abraço...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Grande Faller, sempre escrevendo otimos topicos, acabo de sanar muitas duvidas.

Desde que comecei a ler os seus topicos, recomendo-os a todos.

Obrigado Faller

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acho que esse tópico deveria ser fixo e a ele anexado fotos e exemplos de como tomar as medidas para se resolver cada problema, daí o leitos poderia ele mesmo fazer em casa ou solicitar a alguém que faça como o mostrodo no tópico.

De outro forma o leitor vai começar uma via sacra pra aprender como fazer aterramento, como escolher um bom filtro de linha, como melhorar um filtro de linha.... E vou te falar que fazer via sacra com net discada ninguém merece...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Grande faller! perfeito...

Como sempre ótimos post's...

PS: Nunca tinha percebido que ao reduzir o brilho das luzes o pc continuava estável, só mesmo lendo isso pude notar, a muito tempo não uso estabilizador e montei também um filtro que propos certa vez em outro post. Funciona perfeitamente...sem reclamações.

Pequena dúvida, temos em casa várias ferramentas de trabalho, mais "pesadas" não temos um transformador próprio ou perto do local (poste) fora o fato de "pegar" raios facilmente (telefones em primeiro lugar), e aparelhos como furadeira de bancada, compressor de ar (2CV) betoneira etcs.. ao ligar qualquer um deste é notável a redução da energia...isto posso considerar algo normal? precisaria ficar atento a alguma coisa ou posso continuar tranquilo?

Outra: tens algum esquema ou ideia de um filtro para linha telefônica? gostaria muito de montar um para este fim, lá onde moro é irritante os estragos de telefone...

Obrigado...

Abraço

Editado por [Daniel]

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na partida de motores é notória a redução da tensão na rede elétrica pois a corrente de partida ( para vencer a inércia dos motores) é muito grande, podendo chegar a 20 o mais vezes a corrente nominal em regime desse mesmo motor.

Se ao ligar o motor seu PC se mantiver numa boa, sem desligar, congelar ou ressetar, é sinal de que a fonte dele fez seu trabalho como deve. Essa é sua função. Se seu PC desligar ou apresentar algum outro problema nessa hora, então é sinal de problema. Eu nesse caso iria começar a solucionar por rever a fiação de entrada ou até mesmo a fiação interna da casa.. Muito provável estar sub dimensionada.

Quanto ao filtro/proteção para telefone, colocaria dois fusíveis (de 250 mA a 500 mA) em série, um em cada perna da linha e em seguida em paralelo com a linha um dispersor a gás tripolar com um valor de tensão entre 90 e 130 Volts.

Na foto esse da direita => Centelhadores.jpg

A perna central do dispersor tem que ter conexão com o aterramento.

Pode substituir os fusíveis por resistores de 1/8 de Watt, de baixo valor, entre 0,5 ohms e 2 ohms..

Se quiseres podes colocar PTC no lugar dos fusíveis. Fariam o papel de fusíveis automaticamente rearmáveis.

Use o modelo LP60-017 da RTI Electronics ou RXE017 da Raychem ou MF-R017 da Bourns ou o 60R017 da Littlefuse

Podes no lugar do dispersor a gás colocar dois varistores cada um de uma linha até a massa, nos valores de 95 a 115 Volts (10K151 ou 10K181)

Abraço..

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
;3537205']

Pequena dúvida' date=' temos em casa várias ferramentas de trabalho, mais "pesadas" não temos um transformador próprio ou perto do local (poste) fora o fato de "pegar" raios facilmente (telefones em primeiro lugar), e aparelhos como furadeira de bancada, compressor de ar (2CV) betoneira etcs.. ao ligar qualquer um deste é notável a redução da energia...isto posso considerar algo normal? precisaria ficar atento a alguma coisa ou posso continuar tranquilo?

[/quote']

Essas reduções de tensão ao ligar equipamentos de consumo maior pode até ser considerada normal, mas é típica de redes mal feitas e subdimensionadas.

Para esses equipamentos o ideal seria que você tivesse circuítos separados só para eles, um disjuntor com fio fase e neutro só para ele. Da caixa dos disjuntores até o medidor/entrada de energia deveria ser usado um fio bastante grosso. Com isso você nem perceberia a redução de tensão no restante da casa e muito menos nas lâmpadas (que por norma devem estar em um circuíto separado).

O mesmo vale para aparelhos de ar condicionado, que em instalações sem divisão de circuítos, provocam uma grande redução de tensão quando o compressor é ativado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A demanda atual de energia aumentou tanto que algumas CIA's elétricas já instalam fios 16mm2 no ramal do assinante mesmo em 220V, que naturalmente exige menos corrente que uma rede de menor tensão, mas aqui tenho observado novos padrões instalados com cabos 16 ou 25mm2, quando não maiores mesmo em estabelecimentos e resisdencias relativamente pequenos.

O problema é que a rede interna muitas vezes antiga e subdimensionada não está mais apta à demanda atual e em uma casa já presencie um caso de que o disjuntor do padrão não tava atuando mais por sobrecarga, a fiação de 4mm com um disjuntor de 30A estava, de acordo com um alicate amperimetro, passando proximo de 50A e o fio estava com sinais de derretimento nas pontas em contato com o disjuntor, não preciso nem mencionar como tava as tensões dessa casa né... A casa com dois chuveiros de 30A cada, geladeira, maquina de lavar, computador, microondas, lavadora e secadora de roupas, um compressor de ar grande, secador de cabelo, TVs, ,etc,etc... Fora que a divisão de circuitos da casa tava que era uma "beleza"!

A queda normal de tensão de forma continuada, não deve ser maior do que 5%, se é maior que 5% durante o uso de equipamentos, significa que a rede está sobrecarregada, precisando de revisão, fios de seção ("bitola") maiores e novos disjuntores. A divisão dos circuitos também deve ser pensada cuidadosamente, evitando-se compartilhar os neutros dos circuitos finais ou seja, se há 6 circuitos no local, deve haver 6 fios neutros partindo da caixa de disjuntores onde deve estar o neutro de bitola maior que vem do poste e dai em direção aos pontos finais de uso junto com os 6 fios fases de cada circuito. É muito comum ver os fios fases passando pelos disjuntores da caixa e o neutro único indo de fora a fora o estabelecimento, com todos os circuitos pendurado nessa leva de fio neutro, sem divisão. Ora, um circuito por definição tem no minimo dois condutores dedicados e logo assim deve ser.

Ex. de um quadro de disjuntor relativamente bem montado, com vários circuitos, proteção por disjuntor geral e interruptor DR ("RCD" na europa), neutro e fases e condutor de proteção (terra) em verde/amarelho tudo bem divididinho, vejam que ate os condutores terra há 1 por circuito. Esse quadro em questão é de uma casa na Inglaterra:

Ardachaidh100.jpg

Quedas de tensão maiores que 5% podem acontecer, mas por tempo curto, durante uma partida de motores, mas essa não deve ser intensa o suficiente pra fazer uma fonte de PC fraquejar, a não ser que a fiação esteja subdimensionada ou a fonte seja de qualidade ruim, geralmente genéricas e sem margem de potência extra ou seja, alguns watts de sobra.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Grande tópico, mt agregador de conhecimento! Parabéns, mesmo.

Caro faller, gostaria de aproveitar um pouco do seu conhecimento, com uma dúvida q me parece até meio besta, mas como não tenho o devido conhecimento, e não quis poluir o fórum com mais um tópico, lendo seu tópico, resolvi fazer a pergunta:

Uso no-break, pois aqui são constantes as quedas de energia, e tenho costume de deixar o pc ligado por mt tempo, baixando arquivos, e como normalmente as quedas duram apenas minutos, o no-break se fez necessário.

Mas a questão é a seguinte: possuo um modem motorola SBV5121, e ele está ligado no no-break, porém como esse mesmo modem me fornece a linha de telefone, pela NET, deve permanecer ligado, para manter ativo o telefone. Não pretendo manter meu no-break incessantemente ligado, então haveria problema em ligar esse modem em uma tomada diferente? Haveria problema com DDP(já li algo sobre isso)? E posso conseguir um no-break limitado, de pouca carga, sem custos, caso eu deseje, então haveria problema em deixá-lo ligado separadamente com o modem(ou mesmo com o modem e o monitor nele), para deixar o no-break principal apenas para o pc)??

Caso possa responder, agradeço desde já.

E caso queira deletar o post depois de ler e responder, qd a dúvida for solucionada, para não poluir seu tópico, ou mesmo não concorde com a pergunta dentro do seu tópico, fique à vontade para deletar meu post, sem problemas, ok.

Até mais....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Isso que você falou, não existe. Não haverá nenhuma DDP que causará queimas ao se ligar equipamentos em nobreak separados. A única coisa que deve se ter em mente é quanto ao aterramento, que deve ser o mesmo pra toda instalação elétrica, ou seja, não se deve ter um aterramento pra uma tomada, outro pra outra, outro pro neutro da rede, tudo deve convergir pra um mesmo ponto equipotencial.

Quando falamos de problemas de DDP's, o assunto em questão é o aterramento.

Pode ligar sem medo em nobreaks diferentes, ou algumas coisas no nobreak e outras fora, inclusive em tomadas diferentes.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora