Ir para conteúdo

  • Entrar usando o Facebook Entrar usando o Twitter Entrar usando o Windows Live Login com Steam Login com Google      Entrar   
  • Cadastre-se

Ícone Classificados

Adicionar um Anúncio

Redes Sociais

Membros mais bem avaliados

Membros VIP mais recentes


Foto
- - - - -

Virus abrindo janela Meu computador sozinho


Este tópico foi arquivado. Isto significa que você não pode mais responder ao tópico.
2 respostas neste tópico

#1 eitaF1

eitaF1
  • Membros Juniores
  • 15 posts
  • Membro desde 29/03/2008
0
Neutra

Postado 18 de setembro de 2008 - 17h04min

Meu Pc fica abrindo a janela "Meu Computador" toda hora. Abri sozinho. Só da uma tregua quando eu desligo todo o pc. Depois volta. É windows XP sp2. Por favor me ajudem. Ja formatei o HD e nada.


#2 Power Max

Power Max
  • Membros Plenos
  • 1.792 posts
  • Membro desde 06/07/2008
24
Muito Boa

Postado 19 de setembro de 2008 - 14h03min

Olá!

Veja se as teclas do seu teclado não estão travadas, mecha as teclas aí porque talvez elas estão travadas e aí acontece de ficar toda hora abrindo essas janelas.

Se as teclas não estiverem travadas, faça o escaneamento com um bom antivirus e bons antispywares e envie tudo o que eles encontrarem para a quarentena. Depois de algumas semanas, se o seu computador estiver funcionando normalmente sem estes arquivos que foram para a quarentena, você pode ir na quarentena e excluí-los definitivamente.

Se mesmo seguindo as dicas acima o problema continuar, siga as instruções deste tópico e poste um log do Hijackthis na seção de Remoção de Malwares.

A melhor forma de sermos felizes é contribuirmos para a felicidade dos outros.

A sensação interior de utilidade benéfica em relação aos nossos semelhantes é a garantia real de uma paz perene.

#3 Bruno Tarenta

Bruno Tarenta
  • Membros Juniores
  • 8 posts
  • Membro desde 19/09/2008
0
Neutra

Postado 19 de setembro de 2008 - 14h12min

Faz como nosso amigo citou. Um excelente antivírus pra essa treta ae é o Kaspersky Internet Security 7 ou 8(o 7 tem em português).

"Não se esquece nada mais devagar do que uma ofensa; e nada mais rápido do que um favor." O sábio envergonha-se dos seus defeitos, mas não se envergonha de corrigi-los.