• Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   14-02-2016

      Prezados membros do Fórum do Clube do Hardware,

      Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores do fórum. Os requisitos são:
        Pelo menos 1000 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas ao formulário abaixo:    Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Entre para seguir isso  
Seguidores 0
FBorges22

Como transformar VA para Watts?

10 posts neste tópico

Saudações

como transforma VA para Watts? Eu me esqueci como faz essa conversão, por exemplo um estabilizador de 500VA aguenta quantos Watts puxando dele?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Segundo alguns fabricantes, em média, basta multiplicar dividir os VA por 1.45 e obtem-se o valor em W. No caso, 500/1.45= 345W aproximadamente!

Particularmente, não gosto dessa afirmação genérica, pois isso vai depender também do fabricante! Existem bons produtos e péssimos no mercado e com certeza, essa regrinha não consegue atender à ambos!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Uma vez me falaram que tinha que dividir por 0.85, que estanho, esses valores parecem variar bastante. Por que não existe uma regra fixa para eles?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não é tão simples assim!

O conjunto formado pelo estabilizador+fonte+PC tem parâmetros particulares que definirão como se processará o jogo de potência. É o fator de potência FP, tão discutido em nosso meio. Para cada valor do FP, haverá uma correspondente variação na equação ou equilíbrio de forças positivas e reativas.

O estabilizador tem seu FP, que definirá o equilíbrio da potência recebida da rede AC, mas será influenciado também pelo FP verificado na fonte, que por sua vez, apresentará variação na dispononibilidade de potência, conforme o hardware existente no PC e o seu próprio FP. Assim, os fabricantes baseiam-se em um FP que seria visto pelo estabilizador. Vamos ver um exemplo numérico.

Estabilizador de 500VA, FP 50%, considerado no conjunto. Desprezamos o rendimento dos equipamentos. Assim,

VA = W / 0.5

W = VA x 0.5 = 250W.

Veja que, todas as vezes que variar o FP, a quantidade de potência disponível em watts será alterada e portanto, depende da fonte e também da carga(PC). Como o conjunto citado acima mantem-se praticamente com as mesma características, o FP do conjunto será baseado na média do que se costuma encontrar. Por isso, um valor razoável mantem-se na faixa de 45% à 65%.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

PR=PA*cos(FP)

onde,

PR= potência real (medida em watts)

PA= potência aparente (medida em V.A)

FP= fator de potência

Não tenho 100% de certeza, se tiver aí algum engenheiro eletricista, me ajude.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Coelho, sua equação é a mesma que representei, apenas com nomes diferentes! :D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

E uma fonte de um 386 com 550VA ficaria com + ou - quanto em W?

±250W como na equação do colega?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O problema é, os VA informados são mesmos verdadeiros? E o FP? Para equipamentos que atendem às normas técnicas, sim, mas o que dizer de equipamentos que não passam por uma simples inspeção? As fontes genéricas são assim! Não tem certificação nenhuma.

Para nós, simples mortais, considerar algo acima dos 50% já está de bom tamanho e assim, no caso da fonte citada, 250W seria um valor razoável. A solução é empregar fontes de marca, com alguma certificação.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Hammm...

Bom a fonte aqui tem o dobro do tamanho de uma fonte padrão de hoje em dia, e seu peso também é equivalente a duas fontes boas de marca.

Dei uma olhada por dentro e os componentes empregados são bem grandinhos, principalmente os dois capacitores de entrada que devem ter algo entorno de 1,5' de diâmetro e uns 2' de altura, o seu trafo principal deve dar quase a metade de uma fonte padrão dos tempos atuais. Portanto acho eu que ele deva ser uma fonte bastante razoável...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá, eu sou engenheiro eletrecista...

A fórmula é: P = S x FP

onde:

P => Potência ativa [W]

S => Potência aparente [VA]

FP => Fator de potência [cos fi]

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0