• Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   14-02-2016

      Prezados membros do Fórum do Clube do Hardware,

      Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores do fórum. Os requisitos são:
        Pelo menos 1000 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas ao formulário abaixo:    Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Entre para seguir isso  
Seguidores 0
rfs_info

Cristal de frequência

11 posts neste tópico

Ai pessoal do forum, ontem me perguntaram uma coisa q respondi de bate pronto e não sei se ta cerrto, falaram q trocar o cristal de freqüência da placa faz milagres, como pouco sei disso disse q esse cristal padrão ajuda na parte do multiplicador,das freqüências pci e agp e que a troca poderia embananar a placa, fazendo com que trabalhasse mais rápido mais correndo o risco de queimar tudo, estou certo ou falei besteira, pelo q sei mesmo acho q não, pois se fosse tão fácil seria feito aos milhares por ai, e ate agora só vi um doido fazendo, e falando claramente q o desempenho do 3200+ dele chegou perto dos 3800+, isso pra mim sem overclock no processador é milagre, o santo grau da informática hahaha, bem minha duvida ta ai. valeu!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Postado Originalmente por rfs_info@09 nov 2004, 11:37

Ai pessoal do forum, ontem me perguntaram uma coisa q respondi de bate pronto e não sei se ta cerrto, falaram q trocar o cristal de freqüência da placa faz milagres, como pouco sei disso disse q esse cristal padrão ajuda na parte do multiplicador,das freqüências pci e agp e que a troca poderia embananar a placa, fazendo com que trabalhasse mais rápido mais correndo o risco de queimar tudo, estou certo ou falei besteira, pelo q sei mesmo acho q não, pois se fosse tão fácil seria feito aos milhares por ai, e ate agora só vi um doido fazendo, e falando claramente q o desempenho do 3200+ dele chegou perto dos 3800+, isso pra mim sem overclock no processador é milagre, o santo grau da informática hahaha, bem minha duvida ta ai. valeu!

rfs_info

Interessante!!, nunca ouvi falar neste tal de "cristal de frequência", e na verdade, acredito que êle não exista em uma placa mãe.

A frequência do barramento da placa mãe a meu ver é limitada pelo chipset e pela qualidade das trilhas e isolamento entre elas.

Mas vou acompanhar o tópico que achei no mínimo curioso! :P

Numa dessas aprendemos mais, não é mesmo..... :D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Condiogo tem sim, ele na minha placa esta localizado perto do controlador sul, perto do agp q no caso é de 25mhz e perto dos slots pci,o da frente da bateria é prateado e tem as escrições 14.328, pelo que sei ele esta presente em todas as placas e controla o ciclo de cada clock que é de 14mhz que é o padrão se você coloca um de 18mhz você vai estar overclocando tudo de uma vez fugindo do padrão e overclocando o mais perigoso o barramento Pci e Agp, vai ferrar a maquina com certeza.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sinto muito

Isso deixou de ser moda faz, am, uns 12 ANOS!

Não troque o cristal só vai dar :muro: e :tantan: e :chicote: e :cry:

Hoje em dia overclock é pela BIOS, não trocando o cristal da placa....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então tabgal foi isso que eu falei, q ***** tudo mesmo e o cara discutindo que o micro dele passo de 3200+ pra 3800+ absurdo!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Postado Originalmente por rfs_info@09 nov 2004, 21:08

Então tabgal foi isso que eu falei, q ***** tudo mesmo e o cara discutindo que o micro dele passo de 3200+ pra 3800+ absurdo!

Acho que passou é pra 3800 pedaços, isso sim!!!

Mas isso cheira mais a bravata dele

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

rfs_info

Vivendo no CDH e aprendendo no CDH, que legal, embora o Tagbal fale que é coisa de antigamente, fiquei curioso e vou pesquisar mais sôbre isso.

Valeu!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Postado Originalmente por tabgal@09 nov 2004, 21:05

Sinto muito

Isso deixou de ser moda faz, am, uns 12 ANOS!

Não troque o cristal só vai dar  :muro::tantan::chicote: e :cry:

Hoje em dia overclock é pela BIOS, não trocando o cristal da placa....

HUAHUHUAHA, realmente pra faze um over num PC-XT era o unico jeito B):D ...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sei que esse tópico é antigo mas o assunto é atual.

Na verdade toda placa mãe tem até três critais de silicio: um de 14,318 Mhz que gera o sinal OSC, outro cristal de 24,5Mhz Este responsável pela geração do clock para o funcionamento da interface para drives de disquetes e mais um de 32768Hz, este pequeno cristal, em forma de cilindro, gera o clock para o CMOS e define a base para contagem de tempo.

Esta configuração pode mudar de acordo com a arquitetura da placa podendo não haver o cristal de 24,5Mhz, neste caso o clock será gerado pelo próprio chip de I/O. O que não varia nunca é o cristal de 14,318Mhz sendo o principal cristal da placa.

Quando ele queima a placa simplesmente não liga, pois não haverá clock para acionar o sistema.

Quando o cristal da BIOS/CMOS queima ele dá um erro estranho relacionado ao relógio do sistema e a placa, embora ligue, não dá boot. Dependendo da bios ele irá apitar numa seqüencia apontando o erro no relógio ou irá mostrar na tela o erro.

Trocá-los é fácil, e eles são fácieis de achar nas lojas de eletrônica, fazendo ressuscitar muita placa morta.

Quanto a trocar o cristal para fazer over... bom isso pode até funcionar, se você não botar um cristal com valor muito além do padrão, tipo assim, botar um de 15,5Mhz no lugar do de 14Mhz.

É que o gerador de clock funciona de modo parecido com o processador, o clock do processador é determinado pela multiplicação do fsb por um multiplicador, certo? o clock do gerador de clock e determinado pela multiplicação do clock do cristal. FSB 66Mhz = 14,328x4,6; 100Mhz = 14,328x7.... e assim por diante.

Assim substituindo o cristal de 14,318 por outro de valor maior você vai ter um FSB maior também.

O problema é que o cristal de 14Mhz gera clock para tudo inclusive o barramento PCI/ISA e inevitavelmente o clock nesses barramentos também vão aumentar.

inté+

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esse cristal, que normalmente é quartzo, serve como uma referência de frequência. Creio que trocá-lo só iria fazer um overclock.

Se isto fizesse tais milagres vocês não acham que todo overclocker faria e até os fabricantes de placas mãe?

Ah sim, o que serve como referência da frequência do processador está perto do circuito PLL.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Acho que passou é pra 3800 pedaços, isso sim!!!

Mas isso cheira mais a bravata dele

Hoje procurando se mais alguém havia feito o modelo de overclock que fiz, encontrei estes posts antigos.

Eu não sei onde você leu, sobre o AMD de 3200 a 3800, mas creio que o texto original seja meu.

O que talvêz você não tenha compreendido é que o processador não estava rodando a 3800, MAS estava com PERFORMANCE equivalente a um.

Eu fiz este overclock.

A explicação de um colega aqui foi muito boa e vou acrescentar algumas coisas ao texto dele afim de esclarescer melhor.

Na verdade toda placa mãe tem ao menos 2 cristais: um de 14,318 Mhz que gera o sinal OSC, ( como ele descreveu) e mais um de 32768Hz, este pequeno cristal, em forma de cilindro, gera o clock para o CMOS e define a base para contagem de tempo.

Quando você troca o cristal de 14.318, seu computador não irá mostrar (como no meu overclock que usarei de exemplo) um valor maior que os 2.200Mhz (Athlon XP 3200+, 2200 MHz, 512 KB) no entanto com programas de benchmark a sua PERFORMANCE GERAL, será equivalente (isto dependendo de seu conjunto, motherboard, memória, etc...) há uma máquina com processador mais rápido, como se fosse um Athlon XP 3800+ rodando a 2600 (se este existisse).

"Esta configuração pode mudar de acordo com a arquitetura da placa podendo não haver o cristal de 24,5Mhz, neste caso o clock será gerado pelo próprio chip de I/O. O que não varia nunca é o cristal de 14,318Mhz sendo o principal cristal da placa. Quando ele queima a placa simplesmente não liga, pois não haverá clock para acionar o sistema. Trocá-los é fácil, e eles são fácieis de achar nas lojas de eletrônica, fazendo ressuscitar muita placa morta." Verdade!!!

Para fazer este modelo de overclock, você não pode utilizar um cristal com valor muito além do padrão, e utilizar no máximo um de 16Mhz no lugar do de 14.318 como eu fiz.

O clock do processador é determinado pela multiplicação do fsb por um multiplicador, logo a velocidade do gerador de clock e determinado pela multiplicação do clock do cristal 14.318, sendo: FSB 66Mhz = 14,328x4,6; 100Mhz = 14,328x7.... e assim por diante, como o amigo descreveu.

Assim substituindo o cristal de 14,318 por outro de valor maior você vai ter uma PERFORMANCE GERAL maior também, o FSB, barramento PCI/ISA, velocidade de Read/Write de discos e memórias, USB, Drives (CD-ROM e Floppy) inevitavelmente também vão aumentar.

Os dois únicos efeitos colaterais são:

1 - O Relógio da máquina irá adiantar muito rápido (sendo necessário um programa para atualizar o clock via internet constantemente).

2 - Disquetes: O computador irá ler disquetes formatados em qualquer equipamento, porém se forem formatados nele, só poderão ser lidos nele, não sendo reconhecida sua formatação em máquinas com a frequência no padrão 14.318.

O tempo de formatação de um disquete, cai quase pela metade do tempo utilizando-se este modelo de overclock.

Um HD de 5.400RPM, fica com performance "aproximada" de um de 7.200 RPM.

A razão dos fabricantes não utilizarem isso como boost em suas placas é porque você "força" todo o "conjunto" a sua máxima performance e porque o padrão 14.318 já é algo a muito estabelecido, por vários motivos.

Como o texto já encontra-se longo demais, não irei explicar aqui "os porquês" do 14.318 ser mantido, pois isto aqui viraria um tratado, rs* ;)

Mas enfim, no "geral", a performance de TUDO sobe.

Só não tente fazer isso com placas de vídeo, pois irá causar uma distorção vertical na imagem e o sinal resultante gerado poderá danificar seu monitor.

POR ISSO, este modelo de overclock é aconselhado apenas em placas OFF-BOARD (sem placa de vídeo embutida).

E para os "espertos", que devem ter pensado em fazer o overclock convencional depois, por cima deste...

NÃO FUNCIONA!

É subir os megahertz (convencionalmente) ou subir o 14.318, não dá pra fazer os dois.

E subir o 14.318, não fará com que sua BIOS ou qualquer outro programa, mostre megahertz "A MAIS", como no overclock convencional.

Seu sistema irá esquentar tanto quanto um sistema com overclock convencional, porém a PERFORMANCE GERAL é maior.

:)

Editado por Ricardo Silveira
Erro de português

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0